top of page
  • ExperMed Perícias

Desvendando o passo a passo da assistência técnica em perícias trabalhistas.


Passo a passo da assistência técnica em perícias trabalhistas: jornada para resultados confiáveis e eficientes

O tema do nosso artigo hoje é o passo a passo da assistência técnica em perícias trabalhistas, um tema fundamental para sua empresa.


Ao longo deste conteúdo, você verá como a assistência técnica desempenha um papel crucial para as empresas, especialmente no que diz respeito à segurança organizacional. 


Após ler este artigo, você vai entender tudo sobre o assunto e estará preparado para chamar a assistência técnica sempre que sua empresa precisar.



Você vai ver nesse texto:

  • Assistência técnica em perícias trabalhistas: o que são?

  • Passo a passo da assistência técnica em perícias trabalhistas;

  • Passo a passo da assistência técnica em perícias trabalhistas: é necessário esse processo?



Baixe agora mesmo gratuitamente o “Guia: Saiba tudo sobre Perícias e Cálculos Contábeis com a ExperMed!” e maximize os seus resultados!

Assistência técnica em perícias trabalhistas: o que são?

Para garantir que todos estejamos na mesma página sobre o passo a passo da assistência técnica, é importante explicar de forma simples o que são perícias trabalhistas. 


Em resumo, a assistência técnica em perícias trabalhistas é o acompanhamento especializado buscado pela empresa em casos relacionados a questões legais.


Por exemplo, se um colaborador se lesionou no trabalho por algum motivo e resolveu mover uma ação trabalhista contra a empresa a assistência técnica seria acionada para atuar no processo. 


Nesse cenário, a assistência técnica pode oferecer formas de solucionar o conflito da melhor maneira possível. 


Dependendo do caso, isso pode envolver um acordo, pagamento de multa ou até mesmo a absolvição da empresa no caso.


Afinal, com o vasto conhecimento legal, torna-se mais fácil compreender as opções disponíveis para a empresa e como essas decisões podem afetá-la.



Passo a passo da assistência técnica em perícias trabalhistas

Agora que você já entende o papel da assistência técnica nesses casos, podemos abordar com mais detalhes o seu passo a passo. 

É importante compreender que isso pode variar um pouco, mas, em geral, todos seguem os seguintes estágios:


Início do processo


O primeiro passo para a assistência técnica é compreender e analisar os detalhes do caso, examinando a íntegra do processo, documentos, relatos e evidências apresentadas pelas partes envolvidas. 


Os profissionais realizam uma análise minuciosa de todos esses elementos para entender o que é necessário para conduzir o processo da melhor forma possível.


É nessa etapa que são formuladas estratégias de defesa relevantes para o processo, garantindo o esclarecimento do caso para ambas as partes. 


Após essa análise detalhada, o segundo passo é a elaboração de perguntas, as quais são chamadas de quesitos, uma terminologia comum que será utilizada ao longo do conteúdo e provavelmente nos seus encontros com a assistência técnica.



 Neste momento, a assistência técnica pode questionar todas as partes envolvidas e destacar os pontos mais relevantes do caso. 


É crucial compreender que as perguntas precisam estar alinhadas aos parâmetros de perícia do caso, não apenas para garantir o respeito aos envolvidos, mas também para explorar o necessário dentro do contexto.


Vamos pensar em um exemplo de um caso em que um colaborador se machucou na empresa. 


Geralmente, não é relevante saber onde estava a sua família naquele dia, mas é extremamente relevante questionar se ele estava usando equipamentos de segurança e se a empresa os oferece. 


Esse perímetro de investigação e os quesitos definidos são fundamentais para assegurar uma análise 100% imparcial sobre o caso.



2. Durante o processo

A assistência técnica trabalha em colaboração com o perito para fornecer esclarecimentos e apresentar argumentos desenvolvidos a partir do passo anterior, seguindo os parâmetros definidos. 


Dessa maneira, tudo que precisa ser considerado, segundo a assistência técnica, será ponderado para alcançar um resultado mais justo.


Essa colaboração entre perito e assistência técnica é fundamental para assegurar que o laudo pericial seja o mais assertivo e preciso possível. 



 3. Criação e emissão o laudo pericial


Durante o trabalho no laudo pericial, a assistência técnica, neste estágio, precisa identificar elementos que possam ser contestados, seja para negá-los ou para solicitar esclarecimentos adicionais. 


Isso é crucial, pois essa contestação assegura que a parte representada, ou seja, a empresa, tenha a melhor defesa possível.


Considere um cenário em que a defesa da organização precise lidar com informações não verificadas. Pode-se criar uma narrativa com base nessas informações, considerando-as como fatos, por exemplo. 


É evidente que esta é uma das etapas mais cruciais de todo o processo, e a assistência técnica deve ser bastante ativa na elaboração da impugnação ao laudo pericial e na condução de diligências para esclarecer pontos específicos. 


Em alguns casos, isso pode envolver chamar pessoas envolvidas para esclarecer situações, buscar provas como vídeos de segurança, entre outras abordagens.



4. Esclarecimentos


Após a impugnação ao laudo pericial, novos esclarecimentos devem ser adicionados para fortalecer os fatos ou desmentir as falsas alegações. 


Naturalmente, novos quesitos são levantados. O último passo consiste nos esclarecimentos finais, que servem mais como uma consolidação dos fatos. 


Em resumo, esse processo visa garantir que o direcionamento inicial tenha sido correto e refinar o laudo pericial.



Passo a passo da assistência técnica em perícias trabalhistas: é necessário esse processo?

Muitos gestores, empresários, colaboradores e líderes têm receio de iniciar um processo sem sentido, mas a assistência técnica em perícias trabalhistas é fundamental. 


O primeiro aspecto a considerar é que a assistência técnica escolhida terá conhecimento sobre o seu caso específico e experiência. 


Dessa forma, ela já estará familiarizada com as nuances do seu caso antes mesmo de começar, garantindo que você obtenha o melhor resultado possível. 


Além disso, a assistência técnica assegurará que você não sofra nenhuma consequência negativa ao contar com seus serviços. Algumas dessas vantagens são:

  • A ausência de uma estratégia sólida compromete a eficácia da sua defesa, aumentando a probabilidade de uma sentença desfavorável.

  • Há perda de oportunidades devido à falta de conhecimento especializado na assistência técnica.

  • O processo torna-se desgastante e complexo, também pela carência de conhecimento especializado.

  • Aumenta-se a probabilidade de custos por passivos trabalhistas ou por perda no julgamento.

  • A verificação próxima do processo, em colaboração com o perito, é crucial. Não basta estar próximo, mas é essencial propor os esclarecimentos certos.


Se você deseja explorar mais esse tópico, leia também o nosso conteúdo sobre 8 consequências da falta de assistência técnica e médica em ações trabalhistas. 


Como você viu nesse conteúdo, a assistência técnica é fundamental para seu resultado ser o mais justo e sua defesa a mais eficiente possível.


A falta dessa ajuda pode resultar em grandes problemas e consequências graves para sua vida ou empresa.


14 visualizações0 comentário
bottom of page